Biblioteca Escolar

O OUTONO DOS POETAS

 
SE DESTE OUTONO
 
Se deste outono uma folha,
apenas uma, se desprendesse
da sua cabeleira ruiva,
sonolenta,
e sobre ela a mão
com o azul do ar escrevesse
um nome, somente um nome,
seria o mais aéreo
de quantos tem a terra,
a terra quente e tão avara
de alegria.
 

 Eugénio de Andrade
 
OUTONO
 
No entardecer da terra,
O sopro do longo outono
Amareleceu o chão.

Um vago vento erra,
Como um sonho mau num sono,
Na lívida solidão.
 
Soergue as folhas, e pousa
As folhas volve e revolve
Esvai-se ainda outra vez.
Mas a folha não repousa
E o vento lívido volve
E expira na lividez.
 
Eu já não sou quem era;
O que eu sonhei, morri-o;
E mesmo o que hoje sou
Amanhã direi: quem dera
Volver a sê-lo! mais frio.
O vento vago voltou.
 
 
Fernando Pessoa
 
OUTONO
Outono vem em fulvas claridades...
Vamos os dois esp’rá-lo de mãos dadas:
Tu, desfolhando as rosas das estradas,
E eu, escutando o choro das saudades...

Outono vem em doces suavidades...
E a acender fogueiras apagadas
Andam almas no céu, ajoelhadas...
E a terra reza a prece das Trindades.

Choram no bosque os musgos e os fetos.
Vogam nos lagos pálidos e quietos,
Como gôndolas d’oiro, as borboletas.

Meu Amor! Meu Amor! Outono vem...
Beija os meus-olhos roxos, beija-os bem!
Desfolha essas primeiras violetas!...
 
 
   Florbela Espanca
 
(...) E as mãos começam a tremer um bocadinho. E o trabalho começa a ser mais custoso. E um dia a gente já quase que não conhece a nossa cara no espelho no lavatório. É nesse dia, é nessa hora que começa o outono.(...)

José Luís Peixoto, in 'Cal' 

CONTA COM A BIBLIOTECA ESCOLAR

 
Num ano letivo cheio de incertezas e inseguranças, lembramos que a Biblioteca Escolar pretende sobretudo apoiar o trabalho do aluno e do professor no apoio ao currículo, no desenvolvimento de múltiplas literacias, na formação de leitores críticos e na construção da cidadania.
Para além do empréstimo de livros, a BE apresenta vários projetos em que te podes inscrever. Fica atento!
ILUSTRAÇÃO: PAULO GALINDRO

Podcast "Fernão a ler"


 
A Biblioteca Escolar e a Associação “O Mundo do Espetáculo”, no âmbito do Projeto MOVE IN, lançam a atividade “PODCAST FERNÃO A LER”, aberta a todos os alunos, professores, encarregados de educação e assistentes operacionais interessados. Inscreve-te!

Diverte-te nas férias

 
Não sabes como te vais entreter nas férias?
FÉRIAS COM ARTE é a nossa proposta! Inscreve-te!
https://programas.juventude.gov.pt/ferias/campos/detalhe/752

Mudam-se os tempos

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.
Luís de Camões
Os tempos que agora vivemos também são de grandes mudanças. Pouco a pouco, a vida retoma outra normalidade. Com novas aprendizagens que temos feito do outro e de nós mesmos. Talvez até caminhando para um mundo melhor. 
A BE deseja à comunidade escolar umas boas férias, um descanso bem merecido.
Até setembro!

O ÓDIO

 
Em tempos de grandes incertezas e tensões sociais, apostamos na sugestão do filme "O ÓDIO", de Mathieu Kassovitz. Apesar de ser um filme de 1995, este ajudará certamente a compreender, a refletir e até a reagir sobre o que se passa no mundo atual.
Um dia na vida de três jovens delinquentes, um árabe, um judeu e um negro que moram num conjunto habitacional pobre de Paris, mostra a que ponto pode chegar a discriminação racial de policiais hostis.
Requisita-o na nossa BE.

Ser Sempre Criança

 
Hoje, dia 1 de junho e Dia da Criança, deixo um link do Projecto Adamastor que contem audiolivros para crianças. Contem igualmente outros para um público mais adulto.
http://projectoadamastor.org/audiolivros-para-criancas/

A única maneira de tornar as crianças boas, é torná-las felizes. 
Oscar Wilde
 
 

Maria Velho da Costa

Maria Velho da Costa, Prémio Camões em 2002, morreu no passado dia 23 de maio.Fica aqui uma passagem do seu romance Lucialima. A capa do livro é de uma obra de Paula Rego com o mesmo nome.
            Adormecido o medo, no mar. Um rapazinho respira o ar do mar, o cuspo do mar. E ouve-lhe o mugir cavo e dobrado com o ronco das próprias entranhas. Isto é o mar, tudo o que há para haver. Um rapazinho dormente como num sonho, num intervalo no interior de um monstro.
E a propósito de mar...
...já sabes que a época balnear abre a 6 de junho. Não te esqueças que para além dos cuidados habituais na praia, em tempos de COVID-19, as restrições são bastantes. Mantem sempre o distanciamento para te protegeres e protegeres os outros!

Uma Aventura Literária 2020... temos vencedor!!!!

 
É verdade que nos concursos o que interessa é participar mas, se se ganhar, é ainda melhor!
Parabéns ao Rodrigo Pereira pela sua medalha de prata e ao professor de História, Nuno Ferreira, que incentivou e acompanhou a iniciativa.
A Fernão recebe prémios neste concurso pelo 2º ano consecutivo na Modalidade das Olímpíadas de História. 

25 de maio - DIA DE ÁFRICA

 
Festejar África é festejar a Cor e o Ritmo da Vida!
Festejar África é perpetuar Rituais e Estórias!
Inspirando-nos no livro de Nelson Mandela As Mais Belas Fábulas Africanas, para comemorar este dia, propomos-te duas atividades :
1- faz um desenho ou envia uma fotografia original que, por si só, conte uma história africana;
2- redige uma história africana que conheças ou inventa uma.
Envia o teu trabalho para biblioteca@esfmp.pt. Se quiseres, publicamo-lo aqui!
#bibliodiversidade